É perceptível a falta de compromisso com os diversos estudantes da Universidade Federal da Bahia, e mais uma vez a reitoria revela a latente questão do descaso com o qual discentes são tratados por esta instituição.

Sabe-se que bolsistas e residentes há muitos anos se mobilizam indignados com a ausência de compromisso com as pautas e suas prorrogações intermináveis. Diante do cenário de distanciamento, inércia e da insensibilidade do reitorado (atualmente de Dora Leal) fizeram com que residentes e bolsistas alavancassem uma ocupação do CPD em Julho de 2013 a fim de denunciar descasos e exigir respostas concretas em detrimento das constantes burocratizações que demonstravam que a via institucional não era suficiente. É importante perceber que a ocupação do CPD foi uma forma de luta que revelou por onde puderam alcançar o que estava pautado.

No entanto, a reitoria continua não honrando compromissos e simplesmente negligenciando as pautas que se arrastam. A reitoria não cumpriu com os prazos e nem deu respostas as seguintes reivindicações:

  1. Reforma imediata e ampliação do RU Ondina atendendo aos 10 pontos referentes a estrutura e funcionamento do Ru exigidos pela vigilância sanitária; Além disso as reformas não foram efetivadas e o semestre 2013.2 já iniciou e o R.U continua fechado!!!

Prazo: 26 de julho de 2013

  1. Acessibilidade da frota do BUZUFBA

Prazo: 26/setembro

Informam que tais medidas dependem do parecer da procuradoria federal. Se responsabilizam pela fiscalização dos ônibus. Há um documento a parte que informa que serão 3 ônibus e 2 micros.

DORA

É preciso deixar claro que não estamos tratando de um problema pontual e casual, mas de um problema estrutural na concepção de universidade que está posta e outra que necessitamos. Como vemos os problemascom a Assistência Estudantil na UFBA afetam cotidianamente a quem mais precisa dela, portanto magnífica reitora: ASSIM NÃO DÁ! SEM ASSISTÊNCIA NÃO TEM COMO ESTUDAR!

Anúncios